28 de nov de 2010

Conhecendo a estrutura do fio de cabelo

Acima de tudo, o fio de cabelo é um pelo. Possui a mesma estrutura de todos os pelos do corpo humano, porém tem suas particularidades.
O cabelo é um fio queratinizado que cresce na pele dos mamíferos.
A haste do cabelo é a parte do fio que emerge do couro cabeludo. Podemos dividir o cabelo em três partes:


Cutícula
Camada externa do fio de cabelo que se divide de 0 a 12 camadas que, sobrepostas, protegem a estrutura. Por ser transparente nos permite ver a cor do fio do cabelo. A cutícula sofre agressões externas (sol, chuva, poluição etc.) por ação mecânica (escovar, pentear etc.) e transformações químicas (relaxamento, permanente, colorações, reflexos etc.) As cutículas são parcialmente sobrepostas sobre si, podendo formar de cinco a dez camadas de placas. Essas placas, por sua vez, oferecem excelente proteção ao córtex.

Córtex
Região intermediária onde transformamos, de todas as formas, a estrutura do cabelo. Nesta região encontramos as seguintes ligações químicas: 
ligação salina: no simples ato de molhar o cabelo a sua extensão é aumentada. 
ligação de hidrogênio: a deformação acontece quando transformamos temporariamente o cabelo. 
ligação de enxofre (também conhecido como Ponte de Dissulfeto): só é rompida através de ação químicafísica (aquecimento) e sua transformação é permanente. ou
Representa o coração do fio capilar. O grau de resistência, elasticidade e a cor do pêlo dependem de sua estrutura. O diâmetro do córtex é determinado em função do número de células presentes no bulbo que podem se multiplicar. A fibra do pêlo possui de 2 a 3 tipos de células do córtex. Esses tipos de células são: ORTHO CÓRTEX: tem baixa quantidade da substância enxofre(menos que 3%)
PARA CÓRTEX: tem uma alta quantidadeda substância enxofre(cerca de 5%).
MESO CÓRTEX: possui grande quantidade do aminoácido cistina.

Medula
É a parte central do fio. Há fios de cabelos que não possuem medula, não modificando em nada sua estrutura. O canal da medula pode estar vazio ou preenchido com queratina esponjosa. Ainda não foi determinada a função desta região. Contudo estudos recentes apontam as pesquisas para uma associação da medula com o primeiro instante da fase de germinação do fio onde a medula serviria como um "direcionador" do novo fio em direção ao poro.

0 comentários:

Postar um comentário

Visitas

HOTWORDS